Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Histórico
Início do conteúdo da página

Histórico

Escrito por Super User | Criado: Quarta, 26 de Maio de 2021, 15h28 | Publicado: Quarta, 26 de Maio de 2021, 15h28 | Última atualização em Quarta, 23 de Junho de 2021, 10h12 | Acessos: 838

A Assessoria de Imprensa (AI) foi criada no ano de 1986 pelo reitor Roberto Vieira, com o objetivo de intermediar o relacionamento entre a Universidade e a mídia. Durante esses anos, a AI vinha cumprindo essa função sem ter, contudo, qualquer perspectiva de ampliar seu leque de atuação. Em 1996, com a entrada da professora Ierecê Barbosa na AI, vislumbrou-se uma atuação maior no campo da Comunicação e do Marketing, pois o setor não se limitou apenas a área de Jornalismo, passando a desenvolver, também, ações e atividades nas áreas de Relações Públicas e Marketing Institucional, atingindo os outros públicos ligados à Ufam. Com o término da gestão de reitor, professor Nelson Fraiji (1997), e a saída da professora Ierecê, a AI concentrou novamente suas ações na informação jornalística.
A Comunicação Integrada é uma exigência dos novos tempos, pois não se concebe mais serviços isolados da cada área da comunicação. É preciso, sim, que se tenha uma macrovisão organizacional, primando por um planejamento global, que recorra às técnicas e métodos específicos de cada área, para que assim os produtos e serviços prestados primem pela qualidade e emitam uma comunicação única, singular, buscando homogeneizar a visão que os vários segmentos públicos, ligados direta e indiretamente, têm sobre a instituição.
Também, a Comunicação Pública deve prezar pelo interesse público e, por isso, deve prestar contas à sociedade tendo em vistas que fomenta, consequentemente, além da missão institucional, a construção da opinião pública. Como Instituição que produz conhecimento, desenvolve pesquisa, o pensamento crítico, as atividades desse importante setor recaem sobre este setor e devem ser observados.
Toda organização tem como premissa básica a identificação e apreciação de seus públicos, para, logo depois, partir do processo de planejamento de suas atividades que estarão de acordo com as características de cada um deles. Torna-se, portanto, necessária a conjugação de esforços dos profissionais da área da Comunicação Social.
A Assessoria de Comunicação tem papel relevante porque cabe a ela administrar questões controversas que possam afetar o posicionamento da Ufam perante seus públicos, buscando, de um modo geral, a sintonia de interesses, a compreensão e cooperação mútuas. O clima de harmonia e a confiança devem estar presentes em toda a Ufam, cabendo, portanto, aos profissionais da Assessoria de Comunicação, por meio da comunicação, propiciar um clima de bom entendimento.
A Assessoria de Comunicação busca contribuir para a divulgação das pesquisas e demais experiências realizadas pelos professores, servidores técnicos administrativos e estudantes da Ufam, pois pouco adianta experimentar, fazer granes descobertas, se os resultados não chegam até os públicos de interesses que compõem a sociedade. É nesse momento que entra em cena o trabalho da Assessoria de Comunicação, ára ratificar o papel significativo da Ufam como agente transformador da sociedade, demonstrando a sua relevante atuação nos campos do ensino, da pesquisa e da extensão.
A estrutura da Assessoria de Comunicação deve estar estabelecida na Política de Comunicação Institucional, bem como estará em consonância com a finalidade da Academia, que é o de prestar serviços nas áreas de ensino, pesquisa e extensão à comunidade universitária e à comunidade em geral, resguardando o conceito e a imagem que a Ufam tem junto aos seus diferentes públicos. Em síntese a Assessoria de Comunicação é responsável por múltiplas atividades, desempenhando um papel estratégico na política de comunicação, visando, dessa forma, a promoção e o fortalecimento do nome e da reputação da Ufam, em nível local, nacional e internacional.


ESTRUTURA DA ASSESSORIA
4.1 – Subordinação
A assessoria de Comunicação será um setor subordinado à Reitoria.
4.2 – Responsabilidade
A Assessoria de Comunicação terá por responsabilidade: coordenar, planejar, captar informações, controlar e executar todas as atividades que dizem respeito ao relacionamento da Ufam com seus diversos públicos, objetivando a compreensão e cooperação mútua.
4.3 – Política de Comunicação
Estabelecer fluxos de comunicação permanentes com os públicos (interno e externo) da Ufam, buscando conhecer suas expectativas, necessidades e interesses e assim planejar, organizar e executar atividades necessárias para o bom relacionamento com eles.
4.4 – Objetivos Permanentes
Integrar todas as ações da área da Comunicação Social, transmitindo aos públicos das Ufam uma visão global e específica da Universidade, por meio da oferta de serviços e produtos de comunicação, de forma a manter uma atitude positiva desses públicos para com a Instituição.
4.6 – Atividades da Assessoria de Comunicação
Todas as atividades de Comunicação Social permitem a projeção institucional da organização, por isso precisam ser bem desenvolvidas para que provoquem um efeito positivo.

registrado em:
Fim do conteúdo da página